O DANFE Simplificado – Etiqueta, uma variação do DANFE tradicional, entrou em vigor através da Nota Técnica (NT 2020.004), em agosto de 2020. Segundo o documento, a Secretaria da Fazenda passou a permitir que o DANFE em papel A4 seja substituído pelo DANFE Simplificado.

A mudança, que parece pequena, foi significativa para diversos negócios que já implantaram essa solução. Neste texto, apresentaremos a importância do DANFE Etiqueta e mostraremos quem pode se beneficiar dele. Boa leitura! 

O que muda com o DANFE Simplificado

Desde o ano passado, diversas empresas começaram a experimentar o DANFE Simplificado na prática. Uma solução que até então parecia desconhecida, começou a ganhar espaço no mercado rapidamente.

Através dessa mudança, fica muito mais fácil otimizar os processos das empresas, especialmente com negócios que apresentam alto volume de vendas diariamente. Além dos diversos benefícios, como redução de custos e processos mais sustentáveis, a otimização na expedição de mercadorias é o principal atrativo.

Antes, era necessário imprimir um papel A4, dobrar, colocar dentro de um envelope. Agora, basta uma etiqueta emitida através de impressão térmica, possibilitando entregas mais rápidas e uma maior satisfação de compra por parte do consumidor.

Em resumo, o DANFE no modelo etiqueta consegue entregar processos menos burocráticos e muito mais ágeis. Mas, quem será que pode usar o DANFE Simplificado?

O DANFE Simplificado é para quem?

Segundo a NT 2020.004, “a impressão do DANFE Simplificado – Etiqueta, possível de ser utilizado pelos contribuintes nas operações de venda a varejo para consumidor final em comércio eletrônico, venda por telemarketing ou processos semelhantes”.

Sendo assim, se você possui uma loja física, um e-commerce ou realiza vendas por telemarketing, com certeza o DANFE Simplificado é para você!

Mesmo diante de um cenário de inflação e desemprego, pesquisas apontam um crescimento de 4,9% para o comércio até o final deste ano de 2021. Somente em julho, o volume do varejo cresceu 1,2%. Com esses crescimentos graduais, desde o lockdown em 2020, é evidente a importância de uma estratégia para a expedição de mercadorias de maneira mais rápida.

Ainda sobre a emissão do DANFE Simplificado, vale lembrar que apenas o emissor da nota fiscal que pode fazer a impressão da etiqueta, podendo ser reimpressa sempre que necessário para atender certas obrigações tributárias, devendo existir apenas um DANFE para NFe.

Como emitir o DANFE Simplificado?

A melhor forma de gerenciar esses documentos é através de um sistema automatizado, com mão de obra especializada para o pleno funcionamento das impressoras térmicas e abastecimento de consumíveis, conferindo a qualidade das impressões e lidando com questões técnicas que podem surgir, sem inviabilizar a operação.

Por isso, conte com uma empresa líder no mercado para te atender. A Copylink é uma empresa do Grupo Tecnoset, que possui mais de 30 anos no mercado, atendendo diversos nichos de forma eficiente, com qualidade e transparência.

Com a Copylink, você irá concentrar os serviços de impressão, etiquetas, ribbons e toda mão de obra em um único ponto de contato, diminuindo o trabalho de áreas como o TI e manutenção. Além disso, sua empresa terá mais segurança contra a falta de abastecimentos e insumos, uma vez que possuímos nossa própria fábrica, mesmo em épocas sazonais como a Black Friday.

Converse com um de nossos especialistas, sem compromisso, e entenda como podemos elevar a produtividade da sua empresa! 

 

Leia também: E-commerce sustentável com DANFE Simplificado